Dr. Antônio Martins Guimarães  
 

Nasceu no Rio de Janeiro em 1900 e faleceu em 1974 também no Rio de Janeiro. Era um respeitável advogado e dinâmico dirigente desportivo.

O seu início no esporte foi em 1928, competindo pelo Fluminense, onde conquistou inúmeros títulos carioca e brasileiro em arma longa. Foi campeão e recordista carioca de fuzil de guerra e fuzil livre em 1928, 1929 e 1931, e campeão brasileiro de fuzil livre em 1931, 1938, 1940 e 1948 (2).

Participou de três Olimpíadas de forma destacada, integrando a delegação brasileira. Nos Jogos de Los Angeles, em 1932, obteve o 21º lugar em carabina "reduzida" com 282 pontos. Nos Jogos de Berlim, em 1936, a nossa equipe de carabina deitado ficou em 9º lugar, com Guimarães classificando-se em 23º lugar, com 292 pontos. Nos Jogos de Londres, em 1948, obteve a excelente classificação em carabina deitada, ficando em 13º lugar com 594 pontos, competindo contra 71 atiradores e estabelecendo um novo recorde brasileiro.

Dr. Guimarães venceu, ainda, o Torneio Internacional Brasil X Argentina realizado no Rio de Janeiro, em 1941, estabelecendo um novo recorde brasileiro e sul-americano em carabina deitado, com 397 pontos, em 400 possíveis. Participou da equipe brasileira no 34º Campeonato Mundial realizado em Buenos Aires, em 1949, classificando-se em 21º lugar com 586 pontos. Nos I Jogos Pan-Americano, também realizado em Buenos Aires, em 1951, classificou-se em 23º lugar em carabina deitada conquistando a medalha de bronze por equipe e 23º em carabina três posições, classificando-se em 4º lugar por equipe. Competiu pelo Fluminense até meados de 1960, onde foi distinguido com o título de sócio Grande Benemérito Atleta, pelos relevantes serviços prestados ao clube.

Destacou-se, ainda como dirigente tendo sido Diretor de Tiro do clube tricolor por longos anos. Foi Presidente da Federação Metropolitana e Presidiu a Confederação Brasileira de Tiro ao Alvo, de 1967 a 1972. Em sua gestão, criou os importantes torneios regionais (Norte-Nordeste, Centro-Sul e Sul-Brasileiro), existentes até os nossos dias, difundindo o esporte através de todas as regiões e interiorizando o tiro brasileiro.

Por suas excepcionais qualidades de atirador, desportista e dirigente, foi comparado por diversas vezes à figura de Afrânio Costa, tendo deixado um inestimável legado ao Tiro Esportivo.

Todos os Direitos Reservados © 2007 Diretora do Stand de Tiro do Fluminense Angelamaria Lachtermacher