PERFIL ESPORTIVO
Silvino Fernandes Ferreira
Rio de Janeiro 01/02/1915 – Rio de Janeiro 03/05/1992
 

ATIVIDADES NO ESPORTE

· O carioca Silvino Ferreira foi um dos melhores atiradores de arma curta do Brasil no período compreendido de 40 a 60;

· Integrou a equipe brasileira em diversas oportunidades e sempre apresentou muito bons índices técnicos em campeonatos internacionais; 

· Conquistou a medalha de ouro do I Torneio Internacional Brasil X Argentina – Rio de Janeiro (1941), sendo as duas equipes recebidas pelo Presidente Getúlio Vargas, no Palácio do Catete;

· Participou do XIV Jogos Olímpicos de Londres (1948), após a CBTA ter se tornado independente da Confederação Brasileira de Caça e Tiro;

· Participou do 34º Campeonato Mundial de Buenos Aires (1949).

· Participou do 35º Campeonato Mundial de Oslo (1952).

· Participou como técnico do Campeonato Mundial de Phoenix (1970).

· Participou dos I Jogos Pan-Americanos – Buenos Aires (1951); II Jogos Pan-Americanos – México (1955) e dos III Jogos Pan-Americanos – Chicago (1959).

· Em 1976 participou do Curso de Técnico em Fort Benning e posteriormente atuou como técnico da equipe brasileira em Phoenix (1970) e em outros eventos internacionais.

· Foi Diretor-Técnico de Tiro da CBTE e orientou com eficiência objetividade vários atiradores nacionais.

· Diretor de Tiro do Fluminense (1983 a 1992).

· Foi 9 vezes Campeão Brasileiro com diferentes armas.

· Foi 12 vezes Campeão Carioca pelo Flamengo em razão de ser funcionário do Fluminense. Mais tarde transferiu-se para o Fluminense e conquistou 6 títulos de Campeão Carioca pelo Fluminense.

· Como técnico da Escola Naval treinou os atiradores Silvio Aguiar e Fernando Lessa Gomes que se destacaram nos Jogos Olímpicos de Moscou (1980), que se classificaram em 9º em pistola livre e 19º em tiro rápido.

· Recebeu o título de Benemérito-atleta pelo seu desempenho desportivo e relevantes serviços enobreceram o Fluminense.


Silvino Fernandes Ferreira


 

LOCAIS DE PARTICIPAÇÃO


CBTA

FBT

FLUMINENSE

 

ATIVIDADES PROFISSIONAIS

· Começou a sua vida no Fluminense como “apanhador de bolas” nas quadras de tênis do clube;

· Funcionário do Estande do Fluminense, onde aprendeu atirar graças ao seu interesse e ajuda dos atiradores do clube;

· Foi Cobrador do Fluminense Futebol Clube;

· Investigador da Polícia Civil;

· Oficial de Justiça no Rio de Janeiro;

· Técnico de Tiro da Escola Naval e do Fluminense, revelando vários atiradores

CARACTERÍSTICAS PESSOAIS

· Em 1931, durante a sua adolescência pobre, trabalhou nas quadras de tênis do Fluminense como “apanhador de bola”, sendo mais tarde destacado para o estande de tiro, marcando, obreiando e preparando alvos para os atiradores treinarem;

· Posteriormente, foi admitido no cargo de cobrador do clube, angariando conhecimentos e simpatias de todos sócios. Fluminense. Foi aprovado no concurso para cargo público e exerceu durante anos as funções de investigador da Polícia Civil. Em 1960, foi aprovado para o cargo de oficial de justiça, onde trabalhou por cerca de 27 anos;

· O seu início no tiro se deu quando ainda trabalhava no estande, observando os melhores atiradores praticarem suas pontarias, passando a gostar do esporte. Os atiradores, vendo aquele rapaz franzino, vivo e interessado em acompanhar os treinos, emprestaram suas armas e forneceram as sobras de munição para que ele pudesse também atirar;

· O seu progresso no tiro foi muito rápido, em face da sua habilidade e versatilidade. Passou a competir com aqueles atiradores que lhe ajudaram no início da carreira no mesmo nível técnico dos experientes atiradores;

· No início da década de 80, exerceu o cargo de diretor de tiro do Fluminense, cumulativamente com o de diretor-técnico da CBTA;

· Foi, ainda, convidado pela Escola Naval, na década de 70, para treinar os aspirantes, tendo formado e treinado inúmeros grandes atiradores que se destacaram nos Campeonatos da NAVAMAER e nos Jogos Olímpicos de Moscou, em 1980, como os tenentes da Marinha de Guerra Silvio Sousa Aguiar e Fernando Lessa Gomes;

· Era chamado carinhosamente por seus alunos de “mestre” e estava sempre pronto a acompanhar os treinamentos de seus alunos, transmitindo técnica, experiência e confiança;

· No Fluminense foi técnico de Paulo Raulino Lamego, Dirceu Eloy, Newton Mousinho, Angelamaria Lachtermacher e muitos outros atiradores que brilharam no cenário esportivo brasileiro. Incentivou inúmeros atiradores, dentre os quais seu filho Eduardo Fernandes Ferreira e seu primo Waldir Fernandes Ferreira que se tornaram carabineiros e campeões pelo Exército Brasileiro e pelo Fluminense;

· Ao conceder o título de Benemérito Atleta a Silvino Ferreira, o Fluminense reconheceu os seus valores profissionais, méritos desportivos e o seu esforço pessoal, desde o seu início como funcionário, passando por atleta, até chegar ao cargo de Diretor de tiro, fechando um ciclo de 65 anos dedicados ao clube;

· Teve uma longa vida desportiva (cerca de 42 anos), participando de provas de tiro no Fluminense até 1979. Conquistou 52 medalhas: sendo 31 (ouro); 10 (prata) -11 (bronze) e recorde brasileiro em tiro rápido, por equipe.


RESULTADOS MAIS EXPRESSIVOS E MEDALHAS

 

Modalidade

Eventos

Medalhas

Pistola de Guerra

1937 - Campeonato Brasileiro (FBT) (por correspondência)

Bronze (251)

Pistola Livre

1938 - Campeonato Brasileiro (FBT) - Rio de Janeiro

Prata (519)

Pistola Livre

1940 - Campeonato Brasileiro (FBT) - Rio de Janeiro

Prata (519)

Revólver

50 metros

1941 - I Torneio Internacional Brasil X Argentina - Rio de Janeiro

Ouro (485)

Pistola Livre

1948 - I Campeonato Brasileiro (CBTA) - Rio de Janeiro

Ouro (524)

Tiro Rápido

Prata (59/526)

Revólver 50 m

Prata (489)

Pistola Livre

1948 - XIV Jogos Olímpicos de Londres (1948)

28º (511)

Pistola Livre

1949 - II Campeonato Brasileiro - São Paulo

Ouro (523)

Tiro Rápido

Prata (60/531)

Revólver - 50 m

Ouro (526)

Revólver 50 m

1949 - 34º Campeonato Mundial - Buenos Aires

15º (525)

Pistola Livre

28º (509)

Tiro Rápido

33º (503)

Revólver - 50 m

1950 - III Campeonato Brasileiro - Rio de Janeiro

Ouro (535)

Pistola Livre

1951 - IV Campeonato Brasileiro - Porto Alegre

Prata (525)

Pistola Livre

1951 - I Jogos Pan-Americanos - Buenos Aires

15º (523)

4º (Equipe - 2572)

Revólver

6º (528)

Pistola Livre

1952 - 35º Campeonato Mundial - Oslo

24º (532)

7º (Equipe - 26230

Tiro Rápido

47º (59/537)

Fogo Central

26º (537)

Pistola Livre

1952 - V Campeonato Brasileiro - Nova Friburgo

Ouro (532)

Tiro Rápido

Bronze (59/532)

Pistola Livre

1953 - VI Campeonato Brasileiro - Curitiba

Bronze (524)

Pistola Livre

1954 - 36º Campeonato Mundial - Caracas

46º (522)

9º (Equipe - 2595)

Tiro Rápido

36º (60/546)

5º (Equipe - 240/2245) NRB

Fogo Central

Mira Fixa

53º (532)

9º (Equipe - 2190)

Pistola Livre

1955 - II Jogos Pan-Americanos - México

-

4º (Equipe - 2598)

Tiro Rápido

-

5º (Equipe - 2223)

Pistola Livre

1955 - VIII Campeonato Brasileiro - Nova Iguaçu

Prata (526)

Fogo Central

Bronze (558)

Tiro Rápido

1956 - IX Campeonato Brasileiro - São Paulo

Prata (60/565)

Fuzil de Guerra

1957 - X Campeonato Brasileiro - Rio de Janeiro

Bronze (437)

Tiro Rápido

Ouro (60/563)

Fogo Central

Bronze (555)

Pistola Livre

1958 - XI Campeonato Brasileiro - Porto Alegre

Bronze (516)

Pistola Livre

1959 - III Jogos Pan-Americanos - Chicago

11º (522)

5º (Equipe - 2058)

Tiro Rápido

11º (558)

4º (Equipe - 2230)

Tiro Rápido

1959 - XII Campeonato Brasileiro - Rio de Janeiro

Ouro (564)

Tiro Rápido

1960 - XIII Campeonato Brasileiro - Rio de Janeiro

Ouro (570)

Fuzil de Guerra

1961 - XIV Campeonato Brasileiro - Rio de Janeiro

Bronze (426)

Pistola Livre

Prata (512)

Tiro Rápido

Ouro (573)

Pistola Livre

1963 - II Jogos Luso- Brasileiros - Rio de Janeiro

4º (514)

Tiro Rápido

Ouro (566)

Pistola Livre

1965 - II Campeonato Sul-Americano - Caracas

13º (506)

Bronze (Equipe - 1534)

Tiro Rápido

1965 - XVIII Campeonato Brasileiro - Rio de Janeiro

Prata (571)

Carabina 3 x 40

1966 - III Jogos Luso - Brasileiros - Lourenço Marques

5º (1035)

Ouro (Equipe - 3159)

Tiro Rápido

1966 - III Jogos Luso - Brasileiros - Lisboa

Prata (566)

Ouro (Equipe - 1692)

Tiro Rápido

1969 - XXII Campeonato Brasileiro - Belo Horizonte

Bronze (565)

Tiro Rápido

1971 - XXIV Campeonato Brasileiro - Campinas

Bronze (571)

Tiro Rápido

1971 - Torneio Amizade Argentina X Brasil - Buenos Aires

4º (572)

Prata (Equipe - 2259)

Pistola Livre

Campeonatos Cariocas: 1947 - 1948 - 1949 - 1950 - 1951 - 1952 - 1953 -1954 (2) - 1957 (3) - 1958 (2) - 1960 - 1961 - 1966 -1969

Ouro

Revólver 50 m

Tiro Rápido

Fuzil de Guerra

 

Todos os Direitos Reservados © 2007 Angelamaria Lachtermacher