Leia todas as notícias


IV Jogos Nacionais da Magistratura
Tiro esportivo faz sua estréia nos Jogos e agrada magistrados


A celebração esportiva continua na tarde do segundo dia de competições dos IV Jogos Nacionais da Magistratura. No Fluminense Futebol Clube, no Rio de Janeiro (RJ), os participantes acabaram de disputar uma categoria estreante: o tiro esportivo. A competição começou a partir das 14 horas e sagrou campeão o magistrado Ricardo Machado, da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), que conseguiu 64 pontos.

O segundo lugar ficou com o representante da Associação dos Magistrados do Estado de Pernambuco (Amepe), Virgínio Leão, que somou 62 pontos. O bronze foi para o juiz Gustavo Quintanilha, também da Amaerj, que fechou a competição com 61 pontos. Virgínio liderou a competição até a rodada final, quando Ricardo conquistou a melhor pontuação e passou a primeiro lugar na classificação geral.

Ricardo Machado diz que não pratica o tiro há 10 anos. "Mas com certeza minha antiga profissão de fuzileiro naval colaborou para o desempenho”, confessou o campeão, que não conseguiu disputar outras modalidades por estar com um problema no joelho. “Sair com o ouro com certeza foi uma boa recompensa”, disse Ricardo.

Começaram a disputa 14 participantes representando a Amepe, Amaerj, Associação dos Magistrados da Bahia (Amab), Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), Associação Alagoana de Magistrados (Almagis) e Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris).

Na primeira rodada, os 14 atletas atiraram duas vezes para escolher a melhor pontuação. As armas usadas eram a calibre 38 com 4 polegadas de cano disparadas a uma distância de 15 metros do alvo, e em cada série foram disponibilizadas cinco munições no cartucho. Nas duas séries de 20 e 10 segundos foram escolhidos os 10 melhores resultados.

O diretor-tesoureiro da AMB, Emanuel Bonfim, disputou a primeira rodada, mas acabou empatado no último lugar com a magistrada Ely Cristiane Rosa, da Amab. “Independentemente do resultado, estou muito feliz por estar aqui e ver que a inclusão dessa nova modalidade foi um sucesso, assim como os Jogos em geral, que estão deixando os participantes muito satisfeitos”, disse Emanuel.

Os melhores colocados passaram por mais uma série de 20 e 10 segundos, resultando na escolha dos cinco melhores. O quinteto disputou a grande final, novamente com uma série de 20 e 10 segundos. O quarto lugar ficou com Alexandre Rosa, da Amab (34 pontos), e o quinto com Gilberto Matos, da Amaerj (19 pontos).

Fonte: AMB - Associação dos Magistrados Brasileiros.
 
Todos os Direitos Reservados © 2007 Diretora do Stand de Tiro do Fluminense Angelamaria Lachtermacher