Leia todas as notícias

Emoção e festa na abertura da Olimpíada Tricolor
Atletas e familiares lotam as Laranjeiras

Mesmo com o tempo nublado, uma bela festa foi vista na sede social do Fluminense nesta manhã. Cerca de 3.000 pessoas, entre público, atletas e treinadores, prestigiaram a abertura oficial da Olimpíada Tricolor, tradicional evento que reúne sócios, atletas e crianças do projeto Educação Esportiva em uma animada competição. Divididos em três equipes, nas cores branco, grená e verde, os competidores se enfrentam em diversas modalidades, como vôlei, natação, tênis e saltos ornamentais. A cor que tiver um melhor desempenho ao longo do torneio é declarada vencedora.

O evento, que contou com a presença de grandes autoridades, teve início com as apresentações emocionantes da Cia de Dança Aérea, comandada pela professora Carolina Furtado, e dos bailarinos da Grande Rio. Logo depois, a Banda de Música da PMRJ tocou o Hino Nacional Brasileiro, dando início ao desfile dos atletas, liderados pelas madrinhas Bárbara Frazão (natação), representante da cor verde; Carla Dutra (nado sincronizado) representante da cor branca e Isadora Belém (vôlei) representante da cor grená.

Após o desfile, o presidente do Fluminense, Roberto Horcades, o vice-presidente de esportes olímpicos, Ricardo Martins e o Ministro das Cidades, Márcio Fortes, fizeram um discurso a todos os presentes ao estádio Manoel Schwartz, onde falaram da importância deste evento para o Tricolor das Laranjeiras e também dos benefícios que esta competição trás para os atletas.

"O Fluminense sempre foi considerado uma referência no quesito formação de atletas, seja no futebol, onde temos a fábrica de Xerém funcionando a todo o vapor, conquistando títulos e revelando craques para o time profissional ou nos esportes olímpicos, que tantas alegrias já nos deram em todos esses anos", disse emocionado o presidente Roberto Horcades.

"O evento é importante pela comemoração da Taca Olímpica e também por resgatar uma tradição do clube. Esta competição aproxima os atletas e alimenta dentro deles uma motivação no espírito olímpico, para que se tornem grandes atletas no futuro. Desde a época que eu competia, sempre dei muita importância a este evento", disse o vice-presidente de esportes olímpicos do clube, Ricardo Martins, que já participou da Olimpíada Tricolor competindo pelo pólo aquático.

O Ministro Interino dos Esportes, Wadson Ribeiro, foi o responsável por declarar, oficialmente, a abertura dos jogos da Olimpíada Tricolor, que teve o atleta e professor de pólo aquático, André Raposo, como representante no discurso do juramento do atleta, e a professora Elaine Bastos, no juramento dos árbitros. Antes do término das festividades, o grande Benemérito e ainda mesatenista, Dagoberto Midosi, de 92 anos, ao lado da organizadora do evento, diretora do tiro esportivo e grande Benemérita Atleta, Angelamaria Lachtermacher, acendeu a pira olímpica, encerrando a cerimônia de abertura da Olimpíada Tricolor.


"Estou muito emocionada por tudo ter dado certo. Foi com o sentimento de resgatar a harmonia do clube que organizamos esta competição novamente e creio no sucesso dela", disse Angelamaria.


Luiz Victor Lopes


 
Todos os Direitos Reservados © 2007 Diretora do Stand de Tiro do Fluminense Angelamaria Lachtermacher